Como higienizar a dentadura, ter saúde e fazer ela durar mais

Como higienizar corretamente a sua dentadura.
Usar dentadura é um recurso antigo para suprir a falta de dentes naturais ocasionado pela idade avançada ou outros problemas, mas nem tudo é tão fácil assim.
Dentadura, um recurso dos velhos tempos.
Foram descobertos crânios humanos com dentes artificiais feitos de ossos e marfim, comontes de ouro, 700 anos antes de Cristo. Na Idade Média, não se deu muita atenção aos dentes falsos.
No final do século XVII, os ricos já podiam comprar dentadura de marfim (que com o tempo passavam a cheirar mal) .
Os dentes falsos ficavam presos aos vizinhos através de ligaduras de seda, mas tinham que ser tirados na hora das refeições.
Hoje a dentadura está aprimorada e descomplicada mas exige cuidados especiais como vamos ver agora.
É muito comum que os usuários de prótese dentária tenham dúvidas sobre a higienização e armazenamento de suas dentaduras. O fato é que a durabilidade da prótese (bem como a sua saúde bucal) depende diretamente dos cuidados na hora de limpá-la e guardá-la. Além disso, limpeza adequada da dentadura é essencial para evitar o acúmulo de tártaro, além de garantir um sorriso mais claro e bonito.
Depois de cada refeição, limpe a dentadura, ainda que seja somente com água. Procure higienizar a parte interna e externa da prótese.
Para fazer a limpeza da sua dentadura, o ideal é usar sabonete glicerinado neutro. Outra boa alternativa é utilizar produtos específicos para dentaduras. No mercado, existem várias opções disponíveis para essa finalidade. As pastilhas efervescentes, por exemplo, são muito eficientes na limpeza de dentadura, pois elas liberam oxigênio e isso ajuda na eliminação de resíduos alimentares, promovendo uma melhor higienização.
A desvantagem é que é necessário deixar as próteses de molho entre 6 e 8 horas que pode ser feita durante a noite pelo usuário.
Guardar adequadamente faz parte da higienização.
As dentaduras duram, em média, 4 anos, é fundamental guardá-las da maneira adequada. Seque-as bem antes de guardá-las em uma caixa acrílica ou pote de vidro. Isso ajuda a evitar infecções bacterianas causadas pela umidade. Não durma com a dentadura, a sua gengiva precisa descansar também.
Para higienizá-la, há disponível em farmácias escova adequada para dentadura. De um lado ela possui cerdas como se fosse uma escova de dente em tamanho maior e do outro, as cerdas são em formato de um tufo que se encaixa adequadamente no verso da prótese.
Com outra escova (agora de dente e creme dental), realiza-se limpeza da cavidade bucal. A boca não consiste somente em lábios, portanto deve-se lembrar de limpar o “céu da boca”, a parte interna das bochechas, a língua e toda gengiva..
Esta higienização deve ser realizada pelo menos três vezes ao dia, sempre após refeições, antes de deitar e logo ao acordar, conforme fazemos com os dentes naturais.
Se você fizer a higienização, guardar corretamente e usar os produtos adequados você ganhará não só em saúde como também garantirá a durabilidade da sua prótese por mais tempo.

O uso da aromaterapia no atendimentos a pacientes no tratamento dentário

AROMATERAPIA

O QUE É AROMATERAPIA?

Aromaterapia é um ramo da osmologia que consiste no uso de tratamento baseado no efeito que os aromas de plantas são capazes de provocar em um indivíduo. Aromaterapia, nada mais é que o uso de aromas e óleos de plantas como tratamento auxiliar de enfermidades.

A aromaterapia, praticada há milhares de anos é, tal como o seu próprio nome indica, uma terapia que cura através dos aromas – aromas 100% naturais, extraídos de flores, raízes, folhas, sementes, ervas, madeiras e resinas, e transformados em óleos essenciais que são utilizados na prevenção e no tratamento de doenças físicas e psicológicas.

A aromaterapia busca obter de forma integrada o equilíbrio físico, mental e espiritual através do uso de óleos essenciais aromáticos.

O QUE SÃO ÓLEOS ESENCIAS?

Óleos essenciais são substâncias voláteis extremamente concentradas, que possuem princípios ativos de acordo com suas composições químicas. Dependendo da planta, o óleo essencial terá características diferenciadas de aroma, cor e densidade. Os óleos essenciais podem ser usados diluídos em veículos carregadores sobre a pele, através de massagens, cremes, loções, gel ou puro, através da inalação. Seu objetivo é proporcionar bem estar físico e emocional, já que possui diversos componentes químicos terapêuticos.

Em geral, são necessários muitos quilos de plantas para extrair uma quantidade pequena de óleo essencial. Por exemplo, para extrair 1 litro de óleo de lavanda, são necessários 350kg de flores de lavanda.

A PRIME SORRISO INOVA COM O USO DA AROMATERAPAIA

A Prime Sorriso conhecedora desta técnica, inova aplicando a aromaterapia para dar mais conforto e seguranças para seus pacientes.

A Prime Sorriso usa a aromaterapia através de difusores que propagam uma mistura de aromas que propiciam a DIMINUIÇÃO DA ANSIEDADE, tem EFEITO CALMANTE E RELAXANTE, e MELHORA DO HUMOR.

Esta mistura ainda tem efeitos terapêuticos secundários como: melhora da digestão, rinite , sinusite e insônia.

Mais uma inovação da Prime Sorriso para trazer bem estar e conforto aos nossos clientes.

Você sabe quando levar o bebê a primeira vez ao dentista?

Odontopediatria

A odontopediatria é o ramo da odontologia que cuida da saúde bucal das crianças. O tratamento para crianças requer cuidado especial. Os pequenos precisam de maior atenção e psicologia para que a visita ao dentista não vire uma tortura. A Prime Sorriso possui em seu quadro de profissionais um psicólogo, ajudando assim, a criança a sentir-se mais confiante e descontraída.

Levar a criança ao dentista já nos primeiros anos não só se desenvolve a cultura e o habito  de ter no dentista um aliado a sua saúde, algo bom e positivo que é, como também garantir uma vida saudável ao filho ao longo de sua vida.

A odontopediatria é a área da odontologia que cuida da saúde bucal das crianças e adolescentes. A especialidade tem como objetivo o diagnóstico, a prevenção, o tratamento e o controle dos problemas de saúde bucal dos bebês e crianças.

A orientação deve começar desde cedo com os pais e estender-se ao longo do desenvolvimento da criança, por meio de um trabalho contínuo de promoção de saúde bucal. Prevenir os problemas bucais enquanto bebês é evitar problemas futuros.

Quando levar a criança ao dentista pela primeira vez?

Para um grande número de pais, quando o assunto são os cuidados com a dentição da criança, são frequentes as seguintes dúvidas: “quais aspectos devem ser observados para que o meu filho seja levado ao dentista/odontopediatra pela primeira vez?”, “Existe uma idade mínima?”.

De modo geral, a orientação é que a criança seja levada ao consultório odontológico a partir do momento em que despontarem os seus primeiros dentinhos, que geralmente são os quatro primeiros da frente (via de regra, surgem os dois dentes da arcada inferior e, depois, os dois dentes da arcada superior). Daí em diante, recomenda-se que os retornos ao dentista/odontopediatra sejam realizados a cada seis meses, quando serão feitas as aplicações de flúor. Além disso, esse é o período de tempo adequado para que qualquer início de cárie e/ou outro problema possam ser identificados e tratados mais facilmente.

Em relação à ocasião do nascimento dos primeiros dentinhos do bebê, é preciso considerar que há variações. Em média, a primeira dentição começa a partir dos 6 ou 8 meses de idade, mas há casos de crianças em que isso acontece por volta dos 2 meses e de outras em que os dentes surgem somente depois de elas já terem comemorado o primeiro aninho.

Assim, sob a ansiedade de quando virá a primeira dentição, os pais devem se preocupar apenas nas situações em que o seu filho já está perto dos 2 anos de idade sem possuir dentinho algum, pois o ideal é que a primeira dentição esteja completa até os 3 anos, com os dez dentes de baixo e os dez dentes de cima.

Desta forma devemos acompanhar a saúde bucal de nossos filhos para terem um futuro sadio e com menos problemas no futuro.

    

Clareamento dental. Como ficar como os dentes brancos e brilhando.

CLAREAMENTO DENTAL

O clareamento dental é um procedimento odontológico muito popular, quem não quer ter sorriso de um artista?  Existem receitas caseiras ou produtos disponíveis no mercado, porém o caminho correto se direciona a uma clínica odontológica e feito por um profissional.  É necessário um bom exame antes de iniciar um tratamento de clareamento, pois existem condições que contraindicam o procedimento.

Um sorriso perfeito faz a diferença na vida de qualquer pessoa: aumenta a autoestima, a convivência social, além de ser um incentivo para o cuidado ainda maior com a saúde bucal. Por isso, o clareamento dental é um dos procedimentos odontológicos estéticos mais procurados, e que também gera muitas dúvidas.

É importante lembrar que, seja no clareamento  caseiro ou clareamento a laser( realizado no consultório), o acompanhamento do dentista é imprescindível para evitar eventuais problemas que possam surgir pelo uso dos géis sem o devido conhecimento profissional. Confira:

Como funciona o clareamento dental?

O dente possui pigmentos em seus tecidos superficiais e profundos. Estes pigmentos vêm da dieta rica em corantes, e da própria característica genética de cada indivíduo. O agente clareador é capaz de penetrar na estrutura dental e reagir quimicamente com estes pigmentos, quebrando-os em moléculas muito menores, que refletem a luz de maneira diferente – e podem inclusive ser difundidos para fora da estrutura dental, causando a diferença visual de dentes mais claros.

Qual a longevidade do clareamento?

A longevidade do clareamento é variável de um paciente para outro. Mas de acordo com estudos, o tempo médio de retenção de cor é de 2 a 3 anos.

Quem pode fazer o clareamento dental?

A indicação é que o clareamento dental seja evitado por gestantes, lactantes e pessoas abaixo de 15 anos. Para quem não se encaixa nessas categorias, o clareamento dental está livre, desde que a saúde bucal seja atestada por um cirurgião-dentista.

Por que é preciso supervisão do dentista para o clareamento ?

Somente o profissional poderá indicar qual o tratamento correto e qual a concentração adequada do gel clareador para cada caso. Além disso, há uma série de procedimentos prévios que apenas o dentista consegue fazer, como tratamento de cáries, gengivite, restaurações com infiltrações, dentes com trincas, recessão gengival, etc. O uso de gel clareador é contraindicado para pacientes que não puderem solucionar os problemas acima.

Independente da escolha do clareamento, caseiro ou laser, ambos somente são realizados com segurança pelo dentista. No clareamento caseiro, o molde e o gel são confeccionados e indicados pelo profissional que indicará o uso correto ao cliente.

O clareamento a laser é realizado no consultório e possui resultados rápidos, na mesma sessão o cliente já sai com os dentes claros.

Um sorriso branco e radiante realmente atraí e a saúde bucal deve estar em harmonia, pois só a aparência não completa o verdadeiro estado e a felicidade de se ter um sorriso branco e saudável.

Ortodontia avançada aplicada para uma vida mais saudável

O que é Ortodontia?

Essa é a área da Odontologia que estuda o  crescimento e desenvolvimento da face, bem  como o desenvolvimento dos dentes de leite,  mista e permanente e seus desvios  de     normalidade,  prevenindo, interceptando e corrigindo as más  oclusões dentárias.

Ortodontia é uma especialidade odontológica que  corrige a posição dos dentes e dos ossos  maxilares posicionados de forma  inadequada.  Dentes tortos ou dentes que não se encaixam  corretamente são  difíceis de serem mantidos  limpos, podendo  ser perdidos  precocemente, devido à  deterioração.  Também causam um estresse  adicional  aos músculos de  mastigação que  pode  levar
a dores de cabeça, síndrome da ATM e dores na região do pescoço, dos  ombros e das costas. Os dentes tortos ou mal   posicionados também prejudicam a  sua  aparência.

O tratamento ortodôntico torna a boca mais  saudável, proporciona uma aparência mais   agradável
e dentes com possibilidade de durar a vida toda.

O especialista neste campo é chamado de  ortodontista. Os ortodontistas precisam fazer
um curso de especialização, além dos cinco anos do curso regular.

Qual a
idade certa para a colocação do aparelho dentário?

Não  existe uma idade correta para o uso do aparelho
 dentário. É necessária uma avaliação  criteriosa de cada paciente,  pois há muitos fatores que podem determinar a  necessidade de uma intervenção  ortodôntica.

O aconselhável é, desde o surgimento dos primeiros
dentes de leite na criança, fazer uma avaliação ortodôntica. Assim, é possível
identificar se há uma má oclusão, e intervindo na hora certa, há uma enorme  chance de sucesso no tratamento ortodôntico.   Quanto
antes for detectado o  problema, melhor o
prognóstico.

É na puberdade em que ocorre a calcificação dos
ossos da face. Por volta dos 13 anos a união óssea já está praticamente  completa. Aparelhos ortopédicos são ideais
para serem usados nessa fase, pois  eles
vão agir principalmente na parte óssea do paciente, corrigindo problemas  que na vida adulta somente através de  cirurgia poderiam ser corrigidos.

O cuidado e a manutenção dos dentes de leite são  fundamentais no correto  desenvolvimento da face. Uma das principais
funções deles é manter o espaço na arcada para o  futuro dente permanente que o substituirá.
Portanto, o dente  decíduo (ou dente de
leite) deve ser mantido  até sua perda
natural, e não  extraí-lo  precocemente, pois assim inúmeras alterações
dentárias prejudiciais  ao correto
posicionamento dos dentes podem  ocorrer.

Existe limite de idade para o uso do aparelho  ortodôntico?

Contrariamente do que se pensa, não existe limite
de idade para o uso do aparelho ortodôntico. Pacientes adultos ou até mesmo  idosos podem se beneficiar dos seus efeitos  corretivos sem problema algum.  Claro, que uma avaliação criteriosa da saúde
gengival deve ser realizada antes do tratamento. Mas não custa lembrar os
pacientes que nunca é tarde para a busca por um sorriso perfeito e alinhado.

Agora que você já sabe o que é ortodontia, e qual é
a faixa etária inicial e todo o seu processo, que tal começar solicitando a avaliação
de seus filhos na Prime Sorriso pois a prevenção sempre é a melhor  solução.

 

 

Adeus bafo! O fim do mal hálito agora ao seu alcance.

  O que é halitose?

 

Halitose é o termo científico  para o mau hálito.

O mau hálito é um sintoma e não  uma doença, ele revela que algo no organismo  está em desequilíbrio e que deve ser identificado e tratado.

A halitose chega a isolar seu  portador do convívio social ou fazer com que  ele se retraia. Quem sofre do  problema  costuma procurar especialistas em diversas áreas, como gastroenterologia ou otorrinolaringologia, e nem  sempre com resultado satisfatório.

 

Causas

Existem mais de 60 causas para a halitose.

Aproximadamente 90% dos casos tem  origem bucal, que vão desde alterações  gengivais, problemas salivares e até  problemas  de ordem sistêmica (médica).

 

Como saber se tenho halitose?

Temos aparelhos capazes de medir o grau de halitose de um indivíduo, mas nada substitui o olfato humano. O  profissional treinado é mais confiável e seguro para verificar se há alterações de odor no hálito.

O diagnóstico é realizado através  de um questionário respondido pelo  cliente, realização de exame clínico e alguns  testes feitos no próprio consultório.

A consulta inicial leva até 1:30 h e o tratamento se inicia à partir dela.

 

Como se procede o tratamento?

Tratamos a halitose de maneira holística, isto é , analisando o paciente como um todo. Deve-se investigar as diversas partes do organismo pois, sabe-se que a maneira como as pessoas pensam e agem reflete na sua saúde geral, assim como, a maneira como tratamos do corpo reflete na área emocional.

Sempre que se identifica desequilíbrios que não estão relacionados diretamente com a halitose, encaminha-se o paciente ao(s) especialista(s) correspondente(s).

Portanto, a halitose tem  tratamento e controle!

 

A bichectomia como procedimento estético para reduzir bochechas grandes

A bichectomia como procedimento estético.

O
que vem a ser bichectomia?

A Bichectomia nada mais é que um
procedimento cirúrgico que reduz o tamanho das bochechas e deixa o rosto com um
aspecto mais fino. Muitas mulheres tem recorrido da bichectomia,
nos últimos tempos, para ficarem mais belas.  Mas você sabe como funciona
o procedimento e o que afinal, é bichectomia?

O nome dado a este tipo de cirurgia não é à toa,
pois se refere a uma gordura localizada na face que possui o formato piramidal,
descoberta pelo anatomista francês Marie François Xavier Bichat em 1802,  cujo tamanho varia conforme a idade da pessoa,
embora seja maior nas crianças e passa a ser menor a partir do momento em que
ocorre o envelhecimento.

A bichectomia,
cirurgia de redução das bochechas para afinar o rosto e deixar as maçãs do
rosto bem definidas, tem sido cada vez mais realizada no Brasil e no mundo.

 

 

Como é feito este procedimento?

A
cirurgia de Bichectomia dura em média uma hora e meia. Esse tipo de cirurgia
deve ser executada por profissionais que tenham especialidade e sejam altamente
qualificados. Por meio de dois cortes de 1 a 3 cm dentro da boca nas bochechas,
com anestesia local ou sedação, sem a necessidade de anestesia geral. A gordura
é tracionada, retirada, e a área é suturada. Não há cicatrizes na face porque
as incisões são por dentro da boca.

Para quem é indicado a bichectomia?

Para
pessoas com o formato arredondado de rosto, que não estejam satisfeitas com
suas bochechas, e por mais que emagreçam continuam com a face arredondada. O
objetivo é deixar o rosto mais harmônico, magro, fino e bonito.

Quais são os cuidados pós-operatórios?

Dependem
da saúde geral, idade, e outros fatores intrínsecos para cada paciente em
particular, como em qualquer outro tipo de cirurgia na boca. A bichectomia
exige cuidados pós-operatório. É indicado ao paciente que siga uma dieta leve
durante os dez primeiros dias após a operação, use compressas de gelo para
ajudar a diminuir o inchaço, deve-se evitar qualquer tipo de esforço físico
por no mínimo três semanas, e também não é recomendada a exposição ao sol. O
edema acontece e atinge seu ápice em 72 horas. Depois disso, o edema começa a
diminuir. Normalmente o paciente já consegue trabalhar após 2 ou 3 dias.

Em quanto tempo o resultado já pode ser observado?

O
resultado final do novo contorno do rosto é conseguido em 2 a 3 meses em média,
mas muitas vezes com 14 dias já temos a visualização da melhora do desenho da
face. A Bichectomia tem como resultado final, o afinamento do rosto, deixando-
o com aparência mais harmônica. Pessoas com bochechas maiores podem notar um
contraste e afinamento maior. Pessoas com muito excesso de peso podem não ser
candidatas a esse tipo de cirurgia.

Bichectomia Riscos

Tal como a cirurgia das pálpebras, dentre os riscos da cirurgia está os
sangramentos (hemorragia bucal), assimetria facial, lesão de nervos faciais e
rompimento de algum vaso.

Apesar de ser um procedimento da cirurgia plástica, a medicina odontológica
agora assume este procedimento desde de que o dentista tenha desenvolvido uma
formação para tal. Veja antes de você escolher este procedimento se o
profissional é especializado e  tenha passado
por este curso e treinamento.

 

 

 

Toxina botulínica e sua utilização nos processos odontológicos

O
que é a toxina botulínica?

A toxina botulínica popularmente conhecida como botox é uma toxina produzida por uma bactéria
chamada Clostridium botulinum. É a mesma bactéria causadora da doença
botulismo, mas a toxina botulínica
industrializada é purificada e usada em doses que não causam a doença.

Como
ela é utilizada na odontologia?

Além da estética:
toxina botulínica é usada em tratamentos odontológicos.

Quem já ouviu
falar em toxina botulínica, popularmente conhecida como botox,
provavelmente pensa que a substância é usada apenas em procedimentos estéticos.
Quem for mais além, no entanto, vai saber que o produto também é usado no
tratamento de algumas doenças como hiperidrose 
e estrabismo. Agora, uma nova função para a toxina amplia ainda mais o
uso terapêutico desta substância. O conselho federal de odontologia, CFO,
permitiu e regulamentou o uso da toxina botulínica para fins odontológicos.
Alguns cirurgiões dentistas usam a substância como alternativa terapêutica para
disfunções da articulação temporomandibular,  motivo de queixas por parte dos pacientes.

Entre os distúrbios, está o bruxismo, desordem de caracterizada pelo ranger
ou aperto dos dentes, principalmente durante o sono. A toxina é aplicada nos
músculos responsáveis pela força na área mandibular. Quando eles relaxam a
força maior que o normal feita pelo paciente desaparece, e os músculos ficam
relaxados por cerca de quatro meses . É justamente nesse período que especialistas
vão conseguir chegar à causa correta  da
disfunção, que pode ter vários fatores.

Quais os
sintomas da D-ATM?

Disfunções
de ATM apresentam muitos sinais e sintomas. É difícil saber com certeza se você
tem D-ATM, porque um destes sintomas ou todos eles podem também estar presentes
em outros problemas. Seu dentista poderá ajudá-lo a fazer um diagnóstico
preciso, através de uma história médica e dentária completa, um exame clínico e
de radiografias adequadas.

Alguns
dos sintomas mais comuns de D-ATM são:

  • Dores de cabeça
    (frequentemente parecidas com enxaquecas), dores de ouvido, dor e pressão
    atrás dos olhos;
  • Um “clique” ou
    sensação de desencaixe ao abrir ou fechar a boca;
  • Dor ao bocejar, ao abrir
    muito a boca ou ao mastigar;
  • Mandíbulas que “ficam
    presas”, travam ou saem do lugar;
  • Flacidez dos músculos da
    mandíbula;
  • Uma brusca mudança no modo
    em que os dentes superiores e inferiores se encaixam.

 

Qual é o
benefício na odontologia estética?

Os benefícios da toxina botulínica na Odontologia se estendem, ainda, ao
tratamento corretivo das assimetrias de face (ligadas à hipertrofia dos
músculos da mastigação), da exposição gengival acentuada (quando o indivíduo
sorri, a sua gengiva é exposta excessivamente), do sorriso assimétrico, do
controle de alguns tipos de sialorreias (salivação em excesso) e das dores
orofaciais ligadas à disfunção da articulação temporomandibular (DTM 
muscular, caracterizada pela fadiga dos músculos da mastigação), assim como
também pode ser empregada nos tratamentos preventivos, como em casos de
implantes de carga imediata, assunto aqui já tratado e reabilitações estéticas,
entre outras possibilidades.

Entre as suas vantagens mais significativas, trata-se de uma intervenção
cujos resultados se verificam rapidamente e de uma solução que apresenta
pouquíssimos – e passageiros – efeitos colaterais, de forma que a sua
utilização é bastante segura.

Obviamente que a aplicação da toxina botulínica na Odontologia é ainda mais
segura quando nos referimos à atuação de um cirurgião-dentista devidamente
habilitado para administrá-la, com reconhecida experiência para isso.

 

 

 

Agora com Implante de carga imediata (protocolo) você sai de imediato com uma nova dentição pronto para mastigar e sorrir

Implante de carga imediata (protocolo)

A medicina odontológica está cada vez mais avançada em seus procedimentos. Dentadura móvel ou chapa agora é coisa da vovó ou do vovô. Com o implante de carga imediata ou protocolo de carga imediata que é uma prótese fixa em tempo curto reabilitando a arcada dentária oferecendo de imediato uma facilidade de mastigação e beleza estética.

O que é o Protocolo?

Sem Enxertos coloca-se especialmente 4 implantes (Técnica ALL ON 4), onde no mesmo dia fazemos uma prótese fixada sobre implantes que chamamos de Prótese Imediata. A principal característica do sistema ALL ON 4 é a simplicidade.


Em quanto tempo este procedimento leva para ser implantado?

Para pacientes desdentados totais, que usam dentaduras, as quais trazem limitações estéticas e funcionais, ou com condições bucais desfavoráveis, como falta de muitos dentes, dentes amolecidos e desarmonia dental, o Protocolo sobre Implantes é uma solução excelente, rápida e estética. Em apenas 24 horas o paciente realiza os implantes e instala a prótese fixa em substituição a prótese total (dentadura) ou parcial, tendo a sua mastigação, estética e autoestima restabelecidas.

De forma rápida, segura e eficiente, na primeira sessão é realizada a instalação dos implantes, adaptação e ajustes da prótese fixa. Após 24 horas é realizada a colocação da prótese totalmente perfeita.

Como é feito esse procedimento?

Apenas algumas consultas pré-operatórias, são instalados 4 ou 6 implantes, e no mesmo dia é instalada uma prótese fixa.Sobre os implantes é realizada uma prótese totalmente em acrílico parafusada, para fazer uma prótese fixa de todos os dentes com carga imediata. O uso de Carga Imediata sobre rebordos sem dentes vem sendo utilizado com sucesso atualmente.

Vantagens da carga imediata

•    Adquire a possibilidade de usufruir de um dente fixo no mesmo dia.

•    Tempo cirúrgico único; significa que vai menos vezes ao dentista.

•    A sua aparência estética é instantaneamente melhorada.

•    O contorno da prótese (coroa) é mais natural.

•    Aplicam-se de imediato as próteses fixas de transição.

•    A pessoa recupera de imediato a função da mastigação.

•    As sensações de auto estima e bem estar ficam aprimoradas.

Posso sair do consultório mastigando?

Sim. Porém recomendamos uma alimentação leve por pelo menos 30 dias.  A situação oral estará modificada e isso requer adaptação do paciente.

O paciente que tem pouco osso pode fazer este procedimento?

Na maioria dos casos, sim. A falta de osso tem cada vez mais alternativas viáveis. Existem opções de enxertos e outras técnicas alternativas para tornar este procedimento possível.

Qualquer paciente pode fazer este tipo de procedimento?

Sim, qualquer paciente, desde que cumpra os requisitos clínicos e radiográficos e com saúde controlada. A cirurgia de instalação de implantes é feita sob exames prévios, após avaliação do dentista e equipe. Com uso correto de medicações e anestesia local, reduzimos os riscos e a tornamos segura.

O implante de carga rápida ou protocolo é a solução definitiva para acabar com as próteses móveis dando mais conforto, funcionalidade e beleza estética ao paciente dando fim ao desconforto e a insegurança que as tradicionais dentaduras oferecem. É rápido e garantido.

Lentes de contatos. A mais nova técnica em estética odontológica do momento.

Lentes de contatos. A mais nova técnica em estética odontológica do momento.

 A Prime Sorriso abordou anteriormente a faceta de porcelana onde foi mencionado também a opção da Faceta de acrílico. Pois bem, não distante dos mesmo processos a lente de contato é um procedimento similar, minimamente evasivo e de grande resultado.

 A lente de contato é a técnica do momento em consultórios de ponta e aqui em Foz do Iguaçu a Prime Sorriso já oferece esta técnica que é largamente usada no meio artístico das teles novelas.   

 Agora saiba mais para saber quais procedimentos envolvem tal técnica da odontologia estética para aí sim tomar a decisão com a certeza de que será amplamente beneficiado.

O que são lentes de contato?

Lentes de contato dental são laminados de porcelana super finos moldados por uma impressora 3D e colados sobre os dentes da pessoa, uma a uma.

A lente de contato são estruturas cerâmicas ultra-finas (lentes de contato dentárias) com apenas 0,2 mm de espessura que possibilitam um tratamento altamente estético e minimamente invasivo, com mínimo desgaste ou em determinadas situações nenhum desgaste dentário. As lentes de contato são normalmente indicadas por razões estéticas, sendo capazes de corrigir desde pequenas imperfeições de forma dental até dentes anteriores com pequenas fraturas ou com diastemas. Podem ser usadas ainda para disfarçar manchas dentárias e pequenas descolorações.

Se há alguns anos as facetas cerâmicas impressionaram o universo da Odontologia Restauradora com a possibilidade da transformação estética de sorrisos pela realização de mínimos desgastes dentários, atualmente são as “lentes de contato” dentárias que impressionam! Pela exposição diária na mídia através dos “sorrisos perfeitos” dos artistas, as lentes de contato tornaram-se a coqueluche da odontologia cosmética atual.

As lente de contatos são duráveis?

Por incrível que pareça, com apenas 0,2 mm de espessura pode durar de 5 a 10 anos. Isto vai depender dos cuidados que o paciente vai ter com sua higiene ou hábitos alimentares.

As lentes de contato são confeccionadas em laboratório a partir de um modelo obtido em consultório pelo dentista. Elas devem ser “coladas” aos dentes com um cimento resinoso que apresente propriedades ótimas com relação à adesão ao esmalte e estabilidade de cor. Como a cor final da restauração é influenciada também pela cor do cimento resinoso uma vez que a lente de contato é extremamente fina, é recomendável que o dentista faça uma prévia seleção da cor do cimento usando os kits de pastas “try-in” que normalmente acompanham os cimentos resinosos.

Como se procede este processo implante de lentes de contatos?

Em menos de duas horas de aplicação, você entra no consultório do dentista com seu sorriso amarelo e desalinhado e sai de lá pronto para estrelar um comercial de pasta de dentes. Não precisa nem tomar anestesia!

Funciona assim. Você primeiro faz uma consulta para que o dentista faça um molde do seu sorriso.

A partir daí, o dentista vai corrigir cor, tamanho e posição dos dentes e planejar o seu novo sorriso de acordo com o formato dos seus dentes, do seu rosto e até do seu estilo de vila. Com fotografias e moldes, o dentista cria o modelo ideal, que é aprovado por você antes da aplicação.

Com isso, o protético (um especialista em próteses) vai produzir as lentes de contato de cada um dos seus dentes, usando técnicas modernas como impressão 3D e materiais resistentes como o dissilicato de lítio.

Tenha um sorriso encantador

Então, você percebeu que agora você tem acesso a um sorriso de artista? Usar lentes de contato é simples e oferece um gama ampla de satisfação pessoal que vai do aumento da autoestima a grande aceitação social e profissional.

Facetas de porcelana como procedimento odontológico estético

O que são as facetas de porcelana?

Se você quer um sorriso abre alas e está com problema com dentes danificados a solução é colocar facetas de porcelanas, uma das técnicas da odontologia estética.

Uma alternativa para ter um sorriso perfeito, em poucas horas, são as facetas de porcelana. Tratam se de finas próteses fixadas na parte externa dos dentes. Em apenas duas seções, de duas horas cada, você poderá ter um novo sorriso e um novo visual. As facetas são lâminas bem finas que cobrem a parte visível dos dentes, como uma espécie de revestimento, proporcionando uma aparência bem natural. Elas são usadas também para corrigir falhas e trincados, dentes desalinhados, desgastados, manchados ou com espaçamento. Esta é a melhor alternativa para correção de posição dos dentes. Com as facetas é possível, também, aumentar o tamanho dos dentes.

Como cuidar da higiene depois da colocação?

Cuidar da higiene bucal é uma rotina que todos nós conhecemos. Com a colocação das facetas de porcelana não será diferente, o procedimento é o mesmo com creme dental e flúor que ajudam a remover resíduos alimentares e a placa bacteriana. De qualquer forma, o  seu dentista deve indicar produtos específicos que podem ajudar a manter a durabilidade das restaurações.

Qual é a durabilidade das facetas?

Vai depender  muito dos hábitos alimentares do paciente e dos cuidados que ele tem com sua boca. Hábitos como o fumo, ingestão de refrigerantes, sucos de limão podem diminuir a vida útil das restaurações. O Bruxismo é outro fator que irá prejudicar a conservação das facetas. Estudos mostram que o sucesso das facetas em porcelana gira em torno de 98,8% nos primeiros 6 anos, 93% em 11 anos e 91% em 13 anos. Vale lembrar que esse tempo pode ser prolongado ou diminuído de acordo com os fatores citados acima.

De qualquer forma a higiene e os cuidados com a saúde bucal sempre deve mantido independe de qualquer procedimento e isto sempre fica por conta do paciente. Independente também de qualquer procedimento aquela máxima de ir ao dentista de seis em seis meses garante ao indivíduo uma garantia de estar sempre protegido.

Quem já fez clareamento dental também pode colocar as facetas de porcelana, além disso, as facetas dão resultados muito mais eficazes no clareamento, elas escondem por completo o escurecimento dos dentes e é muito menos invasiva.

Outra alternativa as facetas de porcelana são as facetas de resinas e a lente de contato.

As facetas em porcelana são mais bonitas e não sofrem alteração de cor com o passar do tempo. Mas se o paciente quer resultado mais rápido a preço mais acessível, a escolha são facetas de resina, confeccionadas em apenas 1 seção e passíveis de reparos com maior facilidade apesar de sua qualidade estética ser um pouco inferior.

Já a lente é para pequenas correções, como fechamento de espaços, aumento do comprimento, largura, arredondamento de ângulos. É tão fina que parece transparente, pois isso ganhou o nome de lente de contato dental.

Como saber qual o procedimento ideal?

Depois destas informações o primeiro passo é consultar o seu dentista, só ele vai lhe encaminhar para o procedimento mais adequando. Independente do procedimento as facetas de porcelanas sempre serão um bom resultado da odontologia estética.