Clareamento Dental: Quais os tipos, cuidados e contraindicações? Descubra!


Compartilhe este conteúdo com seus amigos

Clareamento dental é um procedimento feito com substâncias que clareiam os dentes, por meio do oxigênio do peróxido de hidrogênio.

Tipos

Existem dois tipos de clareamento dental, o caseiro e o de consultório, chamado de clareamento a laser. O clareamento caseiro também deve ser feito com a supervisão de um dentista. Quando o paciente tiver interesse em fazer um clareamento, ele deve procurar um profissional para auxiliá-lo. Fazer o clareamento sem o auxílio de um dentista ou usar produtos não confiáveis é muito perigoso, isso pode causar uma sensibilidade dental muito forte, sendo necessário até um tratamento de canal.

O clareamento dental caseiro é feito por meio de uma moldeira e um agente químico, fornecidos pelo dentista, em casa. O dentista irá dar todas as informações para realizar o clareamento.

O clareamento de consultório é feito em uma clínica odontológica usando de um agente oxidante mais potente, o que demanda o uso de protetores para as gengivas, língua e bochechas. 

Cuidados

É preciso tomar alguns cuidados após a realização do tratamento, como evitar alimentos que mancham os dentes, e cigarro.

O clareamento dental pode causar uma sensibilidade dental, porém isso pode ser tratado com o uso de cremes dentais especiais para isso e evitando alimentos muito quentes ou muito gelados durante o tratamento. Isso também pode ser prevenido com o uso de clareadores com concentração menor.

Contraindicações

As contraindicações para fazer clareamento dental são:

  • Pessoas com sensibilidade dental
  • Pessoas com irritação gengival
  • Gestantes e lactantes
  • Pessoas que fizeram quimioterapia/radioterapia recentemente
  • Menores de 18 anos
  • Pessoas com muitas restaurações
Antes da realização do clareamento o dentista irá examinar se não há cáries ou problemas na gengiva, para então começar o tratamento.