O que significam essas siglas?

Para poder explicar como funcionam e para que servem a PRF e o PRP, primeiro é necessário esclarecer o significado das siglas:

PRF significa Fibrina Rica em Plaquetas 

PRP significa Plasma Rico em Plaquetas.

Ambos são concentrados plaquetários utilizados para acelerar a cicatrização de tecidos através de fatores que propiciam o crescimento expresso dos mesmos.

De onde vem a PRF e o PRP e qual a diferença entre eles?

São compostos obtidos do sangue do próprio paciente, o que torna essa terapia bem sucedida em torno de 100% dos casos já que praticamente elimina o risco de rejeição.

No caso da PRF, a vantagem que tem em relação ao PRP é a facilidade para obtê-la, já que não é necessária a utilização de produtos bioquímicos para esse fim.

O PRP é composto por glóbulos brancos, plaquetas e fibrina. Ajuda na cicatrização de feridas e no processo de formação do colágeno.

A PRF possui alta concentração de glóbulos brancos e fibrina. Além de exercer a mesma função do PRP, a PRF libera fatores de crescimento que proporcionam benefícios mais duradouros, pois estimula a cicatrização de forma mais ágil e essa estimulação continua sendo exercida ao longo do tempo.

Fatores importantes sobre a PRF

Esses concentrados já são utilizados em diversas terapias em seres humanos e com a especialização dos estudos nessa área, passaram a ser utilizados em áreas específicas da saúde, como a odontologia, por exemplo, onde os resultados são muito satisfatórios.

Como já vimos, a PRF é mais ágil que  o PRP e por isso vamos explicar agora onde ela atua e quais seus benefícios nos tratamentos odontológicos.

PRF – Fibrina Rica em Plaquetas

Atua em quatro fases que são fundamentais no processo de cicatrização dos tecidos do corpo:

  • Angiogênese: mecanismo de crescimento de novos vasos sanguíneos a partir dos vasos já existentes.
  • Imunologia: sistema de estruturas e processos biológicos que protegem o organismo contra doenças.
  • Desbloqueio de fatores de crescimento dos novos tecidos e seleção de recrutamento de células mesenquimais indiferenciadas.

Significa que essas células podem se desenvolver em qualquer tipo de célula madura. (Por exemplo: do mesênquima vem o osso, a cartilagem, o tecido conjuntivo, o sistema linfático e o sistema circulatório do feto completamente desenvolvido.)

  • Formação de uma estrutura para a distribuição epitelial.

Benefícios da PRF

  • Ajuda a diminuir a dor pós operatória.
  • Acelera o processo de osseointegração.
  • Melhoramento do sucesso em enxertos ósseos.
  • Aumento no fornecimento sanguíneo enviado para as pequenas cavidades formadas após a extração de dentes.
  • Diminuição de complicações pós-operatórias após a extração de dentes e doenças ósseas.

Após estes esclarecimentos, se seu cirurgião dentista disser que fará uso da PRF em seu tratamento, sinta-se segura e saiba que será uma forma de acelerar seu processo de recuperação.

Ainda tem dúvidas?Agende uma consulta com nosso especialista em implantes dentários, Dr. Daves Sebastiany. e converse sobre seu caso.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezessete − 13 =