Dentes brancos com clareamento dental, caseiro ou no consultório?

Clareamento Dental

Um sorriso branco chama muito a atenção não é mesmo? Dá ao seu portador um aspecto de saúde, beleza e simpatia.

Como isso é possível?

Através do Clareamento dentário é possível alcançar este objetivo.

O clareamento dental surgiu nos anos 60, e nos últimos tempos tem se popularizado bastante.

Existem diversos produtos e algumas formas de se clarear os dentes, as mais indicadas e seguras são feitas por um profissional qualificado e em consultório.

Realizamos duas técnicas de clareamento dental, o chamado Clareamento Caseiro e o Clareamento a Laser.

Antes de falarmos sobre os métodos de clareamento dental é legal conhecermos a anatomia e as cores naturais de dentes que o podemos encontar.

Os dentes são formados por várias estruturas anatômicas, o esmalte é a parte mais externa do dente, é transparente, confere dureza e brilho ao dente. A dentina é parte mais interna , também é resistente, dá "corpo" ao dente e é responsável pela sua cor, e é ela que clareamos durante o processo de clareamento dental.

Os dentes humanos não são brancos puros, só os das crianças que podem chegar próximos desta tonalidade, por isso são chamados "dentes de leite".

Temos tonalidades próximas ao branco, amarelo, ocre(marrom avermelhado) e cinza, essas duas últimas podem ser causadas por problema na formação dos dentes, pelo uso de medicamentos que alteram a formação do esmalte e dentina.

Portanto nem todas as pessoas conseguem ficar com os dentes "brancos", mas em todos os casos conseguimos clarear os dentes proporcionando uma aparência mais "branca" aos dentes.

Como é feito o Clareameto Caseiro?

O Clareamento caseiro se popularizou no final dos anos 90 e continua sendo um método eficaz e seguro de se branquear ou clarear os dentes.

O clareamento se dá através do contato de géis á base de oxigênio (O2) com a estrutura dental, o oxigênio penetra pelo esmalte e chega até a dentina, quebrando os pigmentos ali presentes em partículas menores, deixando o dente mais claro.

Para que esse processo aconteça de forma gradual e eficiente o gel precisa ficar entre duas a seis horas em contato com os dentes, dependendo da sua concentração (22%, 16%, 10% e 6%).

Usamos uma moldeira feita de silicone á partir da moldagem dos dentes do cliente, afim de manter o gel contido e em contato apenas com os dentes. Sua adaptação é perfeita , é macia e não incomoda durante o uso.

A moldeira e a indicação da concentração e formulação do gel a ser utilizada é feita pelo dentista, depois de um rigoroso exame clínico, pois existem condições presentes que contraindicam a realização imediata do clareamento, como: presença de cárie, restaurações fraturadas, recessões gengivais e doença gengival severa. Se necessário um tratamento prévio é realizado antes do clareamento.

O clareamento é realizado em casa, após as orientações do profissional, e dura entre uma semana e 20 dias, dependendo de coloração dos dentes e da disciplina do paciente.

Clareamento com aspecto bem natural.

Como é feito o clareamento laser?

O clareamento á laser é um método que promove clareamento através de géis a base de oxigênio, onde a reação química de quebra dos pigmentos é potencializada (acelerada) pelo uso de laser odontológico.

A concentração do gel usado é maior que no clareamento caseiro, em torno de 35%, e é realizado no consultório pelo dentista.

O processo consiste em limpar e isolar o dentes a serem clareados, aplica-se o gel e logo em seguida o laser. Uma sessão dura em média uma hora e pode ser repetida após uma semana.

Em uma única sessão o cliente já sai com os dentes claros.

Nesta modalidade de clareamento também se faz necessário uma avaliação criteriosa para sua indicação.

Qual o melhor método para clarear os dentes?

Ambos os métodos são excelentes e seguros, a indicação varia de acordo com a avaliação do profissional e ás necessidades do cliente.

Clareamento prejudica os dentes? 

Desde que o processo seja realizado com a supervisão de um dentista, não enfraquece ou prejudica os dentes.

Clareamento pode gerar sensibilidade?  

Sim, em alguns casos pode aparecer sensibilidade após o clareamento, por isso é importante a avaliação prévia com um profissional. A sensibilidade dura pouco tempo e pode ser controlada com o uso de pastas dessensibilizantes.

Quando identificamos a possibilidade ou histórico de sensibilidade antes do clareamento fazemos uma preparação preventiva dias antes do início do procedimento.

Mais importante que escolher o método de clareamento é fazê-lo com segurança e conforto, consulte nossos profissionais e conquiste um sorriso mais branco e saudável.

Galeria