Como funciona o alinhador dental transparente? Alternativa para quem não quer chamar atenção com o uso do aparelho corretivo.


Compartilhe este conteúdo com seus amigos

Como funciona o alinhador dental transparente?  

Atualmente existem cada vez mais pessoas que buscam as clínicas odontológicas em busca da correção no alinhamento dos dentes. Mas o fato é que nem todas as pessoas querem exibir um “sorriso metálico” por onde passam. Existem algumas alternativas para quem não quer chamar atenção com o uso do aparelho corretivo e esse é o caso dos alinhadores ortodônticos transparentes (ou "invisíveis").

Como funciona?

Esse tipo de aparelho tem certa elasticidade e resistência e então ao ser colocado, ele fará uma pequena pressão leve e contínua sobre os dentes, para tentar voltar a sua forma original e durante esse processo fará com que os dentes se alinhem corretamente.   

Os aparelhos alinhadores podem ser usados por crianças, adolescentes e adultos.

Durante o tratamento, o paciente fará a troca dos alinhados de acordo com a regressão do problema, até a sua correção total.

Apesar de conseguir fazer praticamente todas as correções que os aparelhos convencionais fazem, existe uma diferença fundamental:

Os aparelhos convencionais permanecem os mesmos desde o início do tratamento até o final e o ortodontista vai fazendo os ajustes necessários durante o processo. Já os aparelhos alinhadores transparentes são trocados a cada 10 dias.

Então a vantagem é só estética?

Não. A estética é a vantagem que as pessoas mais observam de início, mas a principal vantagem mesmo é poder retirá-lo para fazer as refeições e a higiene completa dos dentes, inclusive com o uso do fio dental, o que com o aparelho tradicional torna-se uma função mais complicada.  Além de outras vantagens como:

  • Contribuir para a saúde dos dentes, isso torna mais prático o dia a dia de quem usa o aparelho.

  •  Provoca menos dor e desconforto.

  • Não têm volume, fios ou pontas.

  • São extremamente discretos e possuem um acabamento refinado. Quase invisíveis.

 É possível saber qual será o resultado?

Sim. Essa é outra grande vantagem dos alinhadores transparentes. Ao começar o tratamento, o paciente sabe exatamente como  ficará seu sorriso após as correções. 

Como esses aparelhos são feitos a partir de modelos digitais dos dentes do paciente, todo o planejamento é feito num ambiente virtual com a ajuda de softwares tridimensionais, que simulam as correções que devem ocorrer durante o processo e quantos alinhadores serão necessários até final, para obter o resultado desejado, mesmo antes do tratamento iniciar. Só então os aparelhos são produzidos.

O tratamento é mais rápido?

Sim. De acordo com ortodontistas que trabalham com esses modelos de aparelho, o uso de alinhadores costuma otimizar o tempo do processo justamente porque são programados para trocas mais frequentes (a cada 10 dias). No entanto, o fato de serem removíveis implica numa atenção maior do paciente ao seu uso, pois caso não use-o corretamente, isso pode atrasar o tratamento.

Além disso, com aparelhos convencionais durante o tratamento corretivo, há emergências e intercorrências, como fraturas e machucões, formação de manchas e a quebra de braquetes. Com os alinhadores, isso não existe e o tratamento fica mais tranqüilo de ser conduzido.

Mas é importante frisar que para que os alinhadores consigam o efeito desejado é necessário usá-lo no mínimo 22 horas diariamente.

Quer saber se o seu caso pode ser resolvido com o uso dos alinhadores transparentes?

Agende agora mesmo uma avaliação com o Dr. Merched Damen, nosso especialista em ortodontia.